Arquivos de sites

Cuide do seu jardim que logo ela ira te visitar


Tudo em nossas vidas, acontece quando tem que acontecer, nem antes nem depois, mas, sim no tempo certo, e não tentar perceber ou respeitar esse processo é o que nos causa sofrimento. Quando forçamos as coisas para acontecerem no tempo em que o nosso ego quer, um problema é criado, pois raramente o ego respeitará o fluxo e a inteligência universal.

As vezes pode levar anos até o resultado aparecer, como também pode ser que no dia seguinte, já tenha a resposta que tanto procura, mas uma coisa é certa tudo acontecerá quando não se colocar pressão, o parâmetro sempre é não apressar, não ter ansiedade, e principalmente não forçar. O que você quer acontecerá na hora certa, e isso é sabedoria milenar.
Não tenha pressa, como naquela metáfora da borboleta, “cuide do seu jardim que logo ela vira te visitar”…

“Frases Soltas” – Afinal quem sou eu??? Onde andas tu???


Afinal quem sou eu??? Que me aprisiono a mim mesmo… Que não sei o que quero, ou talvez saiba, mas simplesmente me falte coragem para assumi-lo!

No meio de tanto turbilhão de emoções, vou magoando, “sem intenção” , por onde passe as pessoas que mais gosto… Porque, Porque os medos, fragilidades, falta de coragem, inibe me de ser quem realmente sou e quero!

Os anos passam por mim como águias caindo sobre uma presa... Às vezes parece que deixo de gostar de mim, tenho raiva de ser como sou por vezes, mas… Se na verdade não gostarmos de nós, nunca ninguém irá gostar, pelo menos, é nisso que acreditaremos!

Não sou perfeito, nem o tento ser e estou muito longe do objectivo que tracei para mim… mas todos os dias dou um passo em frente, nesse sentido… ainda que, de vez em quando, dê dois atrás!

Uma coisa eu sei. Sou sincero e transparente, talvez transparente demais… e o meu coração transborda de emoções como de um vulcão em erupção se trata-se..

A falta de coragem, aiii essa falta de coragem, retira grandes momentos na vida de um ser humano… talvez seja , ou, esteja ai a chave do meu sucesso! CORAGEM!!! Onde andas tu???

Será que serei eternamente covarde??? E dessa forma pagarei a factura disso mesmo??? Sendo assim não poderei culpabilizar ninguém, senão apenas me crucificar a mim mesmo…

Jorge Nunes

“Dedicatorias” – Quando se está cansado e apraz ser Outro…


Quando se está cansado e apraz ser outro
Só porque isso é impossível, há vagar
Para pensar que há um género que é neutro
No latim virgem do sonhar.

Sim, há cansaços sem saber de quê
Que tornam toda a vida e a sua sina
Uma coisa indecisa que não é
Masculina ou feminina.

Há estados de sem alma que se alastram
Pelos domínios quedos da razão
Com cheias de rios que desbastam
Com a sua fecundação.

Depois regressa ao leito o rio antigo
E a alma volve à quietação que teve.
E o que nos foi amigo e inimigo
Nem homem nem mulher esteve.

Foi um andrógino da noite muda
Que transmudou em nós o que pensou…
E a alma se ergueu do leito em que foi surda
E já não sabe o que sonhou.

Fernando Pessoa: 15 – 9 – 1934

%d bloggers like this: